Em pleno voo

3 perguntas para Rodrigo V. Cunha, autor do livro “Humanos de Negócios”

Editora Voo - 3 perguntas para Rodrigo V. Cunha, autor do livro “Humanos de Negócios”

Pai, CEO de uma empresa e escritor, Rodrigo V. Cunha integrou em 2020 o time de autores da Voo.

Em seu livro Humanos de Negócios, Rodrigo mostra que é possível inovar e quebrar os padrões tão consolidados do mundo dos negócios, construindo carreiras em cima de valores éticos e humanizados.

O autor nos contou um pouco sobre como foi escrever o livro. Confira!

Voo – Qual foi seu maior desafio ao escrever “Humanos de Negócios”?

Rodrigo – O maior desafio de escrever o “Humanos de Negócios” foi fazer a curadoria dos nomes representando diversidade em todos os seus aspectos. Desde perfis executivos a empreendedores sociais, até diversidade de histórias de vida, gênero e raça. Encontrar o tom para realçar a humanidade dos entrevistados também foi um desafio — muito prazeroso, por sinal. Além disso, uma questão bem humana, foi o de encontrar tempo. Tenho uma família com três filhos (uma pequena de 3 anos) e sou CEO de uma empresa.

Voo – Quanto tempo levou para você finalizar todas as entrevistas com as personalidades que fazem parte do livro?

Rodrigo – As entrevistas foram feitas em um período de quatro anos. Como aconteciam em paralelo a outras atividades, não quis forçar o tempo. Queria que acontecesse de maneira orgânica e sentindo como os perfis iam se complementando. A última entrevista, por exemplo, foi feita quando tudo já estava praticamente escrito!

Voo – O que você gostaria que os leitores sentissem ao finalizar a leitura do “Humanos de Negócios”?

Rodrigo – Gostaria que os leitores lembrassem que, por trás das empresas, dos negócios, das organizações, existem seres humanos cheios de dilemas, dúvidas e inseguranças. E que estas são características que, quando escutadas, ajudam a criar decisões melhores. Não existe atalho quando estamos falando de questões éticas e morais. Às vezes, o crescimento vai ser mais lento quando você aposta nos seus valores. Mas, quem disse que precisamos crescer rápido demais como é comum se acreditar no mundo dos negócios? Acredito mais na visão de desenvolvimento do que de crescimento puro.

Quer conhecer melhor o livro? Clique aqui para ler uma amostra.

Postado em: 22 de janeiro de 2021

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

mais posts

Editora Voo - Confira a trajetória de sucesso e impacto da obra “A menina que abraça o vento”, desde o seu lançamento em 2017.

Confira a trajetória de sucesso e impacto da obra “A menina que abraça o vento”, desde o seu lançamento em 2017.

E não é que a história da Mersene, a pequena congolesa que se refugiou com a mãe na cidade do Rio de Janeiro, vem conquistando…
leia mais
Editora Voo - Veja como foi o lançamento de “Possibilidades”, da Vooinho, na Bienal do Rio de Janeiro!

Veja como foi o lançamento de “Possibilidades”, da Vooinho, na Bienal do Rio de Janeiro!

Esse projeto foi construído a muitas mãos, cabeças e corações, e não podíamos lançá-lo no mundo de outra forma, senão com a reunião de, ao…
leia mais

Entrevista com Claudia Kubrusly no programa Rádio Assembleia do PR

A cofundadora da Voo Claudia Kubrusly foi a convidada do Programa Rádio Assembleia do Paraná. No bate-papo com os jornalistas Claudia Ribeiro e Odilon Araújo,…
leia mais
Editora Voo - Voo e Apoena convidam para o lançamento de “Os Novos Empreendedorez”

Voo e Apoena convidam para o lançamento de "Os Novos Empreendedorez"

“Quem são os Novos EmpreendedoreZ? São aqueles que mudam o jogo, que podem ser encontrados jogando de forma diferente em áreas variadas. São os empresários,…
leia mais

Este site usa cookies

Para otimizar sua experiência de navegação, usamos cookies. Ao continuar no site, assumimos que você concorda com nossa Política de Privacidade.

Inscreva-se na nossa newsletter e receba as últimas novidades!