Em pleno voo

A criatividade na educação: dicas práticas para educadores

Editora Voo - A criatividade na educação: dicas práticas para educadores

Há diferentes formas de os educadores trazerem mais criatividade para a sua prática.

À convite da Voo, a autora de Criatividade Contagiante – Como a escola pode nutrir o pensamento criativo, Luciane Valls, compartilha algumas estratégias que ela utiliza para trazer a criatividade em suas aulas e dicas de como promover uma aprendizagem mais criativa para os seus alunos.

Confira abaixo!

• Ampliando o repertório

Livros infantis, trechos de filmes, letras de músicas, propagandas, objetos diversos… gosto de usar uma variedade de recursos para falar de conceitos de criatividade nas minhas aulas. Isso amplia o repertório dos alunos, cria algumas analogias mais inusitadas e estimula que eles também criem conexões mais originais entre ideias.


• Estimulando múltiplas alternativas

Quem teve alguma aula comigo já escutou a pergunta que eu sempre faço: “Quais são todas as formas de __?”.
Eu gosto de estimular meus alunos a pensarem em diversas opções. Para criar um ambiente que os desafie a seguir gerando ideias, costumo ter sempre comigo alguns dados. Quando o aluno acha que já encerrou a tarefa, ele joga o dado. O número que cai no dado é a quantidade de novas alternativas que ele ainda precisa gerar.


• Contagiando a criafetividade

Eu costumo dizer que a criatividade que promovo é criafetividade, essa mistura de criatividade com afeto que apresento no meu livro. Gosto de incentivar meus alunos a pensarem em propostas ou projetos que tragam benefícios para outras pessoas. Acredito muito que o impacto social potencializa a criatividade.


• Ofereça opções

Dê escolhas para os alunos sempre que possível. Permita que eles selecionem os materiais que desejam utilizar, a forma como vão mostrar o que aprenderam e até mesmo o desenho que será exposto na sala de aula. Quando os alunos são obrigados a seguir uma única opção, eles são menos criativos.


• Parta do que já existe

A criatividade não surge no vazio. Não há nenhum problema em mostrar exemplos de projetos ou produtos criativos para os seus alunos ou até incentivá-los a buscar inspirações no que já existe. Mas garanta que esse seja um ponto de partida e sempre estimule que seu aluno vá além da cópia, fazendo adaptações e deixando a sua marca pessoal nas suas produções.


• Mostre os bastidores

Mostre para os seus estudantes os bastidores do processo criativo, contando histórias de pessoas que passaram por desafios e superaram dificuldades. Isso ajuda na aceitação das dificuldades, na postura de persistência e na construção da confiança criativa, elementos essenciais para a coragem de fazer algo novo.


• Respeite o tempo da criação

Uma ideia criativa não surge de modo imediato. Dê tempo para que os alunos pensem e desenvolvam as suas ideias. Afinal, a criatividade é um processo.


• Valorize o processo

Os alunos precisam passar pela experiência de uma aprendizagem verdadeira, correndo pequenos riscos, fazendo experimentações, falhando e tentando novamente. Valorize a reflexão durante o processo, fazendo perguntas e incentivando os estudantes a falarem sobre as suas intenções, as estratégias utilizadas e os resultados obtidos até então. Não olhe apenas para o produto final.



Para mais sugestões de como promover criatividade nas escolas, Conheça o livro Criatividade Contagiante.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

mais posts

Editora Voo - Autor de “O Músculo da Alma” em artigo para Revista Veja

Autor de "O Músculo da Alma" em artigo para Revista Veja

Nuno Cobra Jr, autor de O Músculo da Alma, assinou um excelente artigo para a revista Veja de 31 de agosto em que coloca sua…
leia mais
Editora Voo - #FiqueEmCasaeLeia _ Já que não podemos ir lá fora, vamos nos voltar para dentro?

#FiqueEmCasaeLeia _ Já que não podemos ir lá fora, vamos nos voltar para dentro?

Nosso propósito jamais fez tanto sentido para nós como neste momento delicado em que nos encontramos como humanidade: despertar a consciência por um mundo que…
leia mais
Editora Voo - Amar é um bom negócio – artigo de Joana Mello para Líder Academy

Amar é um bom negócio - artigo de Joana Mello para Líder Academy

Joana Mello, sócia-fundadora da Editora Voo, Empresa B, conta como está redefinindo o Capitalismo em seus negócios. Desde o começo de nossa empresa, Editora Voo,…
leia mais
Editora Voo - Novidade Vooinho: “O que você faz com um problema?”, mais um bestseller de Kobi Yamada

Novidade Vooinho: "O que você faz com um problema?", mais um bestseller de Kobi Yamada

A Vooinho, selo infantil da Editora Voo, traz ao mercado de livros infantis mais um bestseller do autor norte-americano Kobi Yamada em parceria com a…
leia mais

Este site usa cookies

Para otimizar sua experiência de navegação, usamos cookies. Ao continuar no site, assumimos que você concorda com nossa Política de Privacidade.

Inscreva-se na nossa newsletter e receba as últimas novidades!